Skip to content

Tecnologia: A Internet das Coisas

A cada dia, a participação da tecnologia em nossas rotinas se torna mais e mais indispensável. A utilização de aplicativos de smartphones para se conectar a recursos e empresas, a necessidade de utilizar ferramentas online que facilitam as atividades do nosso dia a dia e a funcionalidade de ambientes virtuais onde podemos estudar e adquirir novos conhecimento e habilidades já alcançou tamanha relevância em nossas vidas que é impossível pensar no futuro sem se perguntar até onde a tecnologia pode levar a humanidade.  

Mesmo assim, apesar de nos surpreendermos diariamente com as grandes inovações que esse universo nos propõe, vivemos em meio a uma revolução tão expressiva que o mundo real e o mundo digital se tornam cada vez mais conectados, trazendo, como resultado, uma realidade onde até mesmo as mais simples tarefas do dia a dia podem ser facilitadas. 

Peguemos, como exemplo, o ato de dirigir um carro ou até mesmo assistir televisão. Antigamente, essas eram práticas comuns, mas com o passar dos anos o simples ato de dirigir ou relaxar e aproveitar um programa de tv se tornou tão dinâmico, fácil e interativo que nos mostra como a era digital domina grande parte do nosso cotidiano.  

Com isso, é impossível ignorar o nível de relevância que a Internet das Coisas alcançou em nossas rotinas e na nossa sociedade. Você consegue se lembrar de como era a sua vida antes do GPS? Pois é, esse é apenas um exemplo de como a “IoT” já engloba quase todos os pontos das nossas vidas.  

O que é IoT (Internet of Things)

Internet das Coisas, ou IoT (Internet of Things), é um conceito que define a conexão entre objetos físicos com seus usuários e a internet. Nele, sensores inteligentes, softwares e recursos tecnológicos são utilizados para transmitir dados para e através da rede, permitindo controlar aparelhos a quilômetros de distância ao apertar um botão ou acessar um aplicativo via dispositivos móveis. 

A Internet das Coisas está conquistando cada vez mais aparelhos e funcionalidades que, até bem pouco tempo, se mantinham “desconectados”. De lâmpadas e despertadores até geladeiras e carros, o conceito é utilizado para transformar itens comuns em objetos inteligentes que podem oferecer recursos interligados de comunicação que não necessitam da interação física do ser humano para serem ativados.  

De ligar ou desligar um aparelho até sistemas que identificam a presença de seres humanos no ambiente para acender as luzes de um cômodo, a internet das coisas já mescla o mundo real e o mundo virtual, mostrando como a conexão entre pessoas, máquinas e equipamentos pode tornar a vida muito mais dinâmica e tornando impossível imaginar a humanidade, como conhecemos atualmente, sem internet.  

O impacto da internet das coisas no nosso dia a dia

Geladeiras, aspiradores de pó, aparelhos de ar-condicionado e até mesmo lâmpadas. Um dos pontos mais interessantes da internet das coisas é sua ampla abertura e conceito, que pode ser utilizada como e onde quiser. Isso porque inúmeros objetos físicos podem ser conectados com o objetivo de otimizar suas funcionalidades e facilitar sua utilização diária, o que torna tudo uma rede de recursos conectados, programados e facilmente controlados a partir de um smartphone ou tablet via Bluetooth ou internet.  

A tecnologia por trás dos aparelhos que utilizam o conceito de internet das coisas se expande diariamente, utilizados para criar uma espécie de comunicação sem fio com aparelhos como eletrodomésticos, próteses mecânicas, brinquedos inteligentes, sistemas de carros e Smart TVs, sem a necessidade de uma pessoa interagir fisicamente com o aparelho.  

A popularidade das ferramentas e o crescimento da utilização do conceito de internet das coisas já alcançou níveis astronômicos e a previsão, de acordo com especialistas da área, é de que até o final de 2020, o mundo conte com mais de 20 bilhões de objetos conectados e inteligentes.  

Com tamanha funcionalidade, a internet das coisas parece estar só “arranhando a superfície” em termos de potencial. Enquanto geladeiras já podem “prever” a necessidade de reposição de alimentos para seus usuários, especialistas já avaliam que a amplitude da conexão com a internet também pode chegar a dominar às cidades, tornando regiões inteiras inteligentes para reforçar a segurança e otimizar a produção de energia.  

Assine nossa
newsletter

Evite falhas na rede com atitudes simples

Falhas na rede podem ser grandes empecilhos na hora de conseguir manter as conexões funcionando perfeitamente e minimizar erros que…

Porque as operadoras não entregam 100% da internet contratada

Você sabia que, no Brasil, as operadoras de internet podem entregar 80% da conexão contratada por mês? Isso significa que a transmissão média mensal, segundo a Agência Nacional…

Entenda como investir em Link Dedicado te ajuda a evitar prejuízos

Você já investe em Link Dedicado na sua empresa? Não? Então imagine a seguinte situação: Você está em uma pesquisa muito importante e, de…

Link dedicado ITS: melhor custo benefício para a sua empresa

Atualmente, é impossível pensar no dia a dia de uma empresa sem a presença constante da internet. Com isso, redes…

Segurança de Perímetro: novo serviço ITS

Você sabia que existe um serviço que cria uma barreira poderosa contra ameaças de hackers e ataques virtuais à sua…

Provedores de internet e os principais problemas enfrentados

Nos últimos anos, a internet alcançou uma importância estrutural na rotina das pessoas, abrindo espaço para que pequenos provedores de acesso à…
Abrir chat
Fale conosco pelo WhatsApp